Resenha: Dani Black – Turnê “Dilúvio” (Belo Horizonte – 01.10.2016)

central-da-mpb-dani-black-diluvio-ao-vivo-belo-horizonte-palacio-das-artes-foto-nina-estanislau-11

Fotos: Nina Estanislau

Toda vez que um cantor visita uma cidade, ele deixa suas marcas e planta uma semente. Da última vez que Dani Black veio a Belo Horizonte, ele semeou a melhor delas. Sabe aquela plateia que não precisa lotar um teatro grande pra fazer dele um estádio de futebol ? Pois bem, isso ficou bem nítido naquele marcante 3 de setembro de 2015. O cantor provocou um dilúvio de emoções e cantorias em cada uma daquelas pessoas e mal sabia que aquele temporal ainda ia render. Que o melhor ainda estava por vir.

Dani cresceu, apareceu e voltou. E a sua plateia também. Dessa vez, o seu “Dilúvio”, a turnê que divulga o seu excelente álbum homônimo, chegou de mansinho, sem dizer muito a que vinha. Mas chegou causando o melhor dos “estragos”. Em um show que mais parecia sala de estar com os amigos, Dani se apresentou para a lotada plateia da Sala Juvenal Dias, no Palácio Das Artes, e foi além do que um show sem banda poderia ir.

Mais uma vez, desde o primeiro instante, os fãs já mostraram o impacto que suas músicas iriam causar. Cada letra foi cantada a plenos pulmões e a cada início delas parecia uma surpresa para eles. Ouviam-se suspiros e aquela famosa sensação de “Ah, lá vem a minha preferida”. Mas a verdade mesmo é que todas se mostraram muito queridas pelos fãs. A plateia era tão afiada e cúmplice de Dani que teve um momento em que ele errou a letra de “Encontros Carnais” e foi corrigido carinhosamente por algumas pessoas. Canções como “Não Não Não”, “Areia”, “Ú” e “Deixar o Barco Ir” também fizeram parte da noite e acertaram em cheio na conquista de cada um dos presentes.

central-da-mpb-dani-black-diluvio-ao-vivo-belo-horizonte-palacio-das-artes-foto-nina-estanislau-8

Com o auxílio de um violão e uma guitarra, ele fez um apresentação intimista e surpreendente, bem diferente da primeira passagem da turnê pela capital mineira. A guitarra não ajudou tanto quanto deveria e fez o favor de perder uma de suas cordas no meio da apresentação, deixando o cantor no desafio de continuar o show daquela forma, já que ele não tinha uma corda reserva. E como ele disse que adorava um desafio, assim o fez. Na verdade, uma corda nova foi encontrada pelo seu produtor nos bastidores, mas até ele chegar a esse momento da troca, o que se via era só um artista que sabia contornar qualquer crise no palco e ainda deixar o show ainda mais divertido com aquele contratempo. E teve muito o que se fazer enquanto a corda não chegava. Dani contou alguns dos seus causos e tratou de interagir com a plateia o tempo todo. Em especial com um fã que concordava com tudo o que ele falava e enfatizava com um “mesmo”  em todo final de frase. E esse fã ainda divertiu (e muito) a plateia e o cantor com uns gritinhos de “lindo” e “delícia”. Sendo assim um dos melhores ingredientes para deixar aquela noite ainda mais linda.

Curiosamente, não há um melhor momento para se destacar dessa apresentação, pois todos foram únicos e especiais e cada um deles teve sua alta importância para o show caminhar para um final mais do que feliz. Ver e ouvir as vozes do cantor e público se tornarem uma só foi o melhor presente que a noite poderia ganhar. E o trabalho foi fácil para ambos. A semente de 2015 germinou. BH (a)colheu. E Dani Black agora já é de casa. De casa mesmo.

>> Confira mais fotos do shows na nossa galeria.

 

Setlist:

Pega de Jeito
Encontros Carnais
Seu Gosto
Areia
Juntos Outra Vez
Ú
Deixar o Barco Ir
Não Não Não
Comer Na Mão
Só Sorrisos
Miragem
Linha Tênue
Aurora
Maior

 

Tagged with:

Sobre o autor

Ricardo

Respira música e faz dela a melhor opção de terapia diária. Relações Públicas e amante da MPB.

Veja Também

CONTEÚDO

ESSE SITE PUBLICA MUITOS
CONTEÚDOS QUE JÁ FORAM
REPRODUZIDOS NA INTERNET
E OS DEVIDOS CRÉDITOS SÃO
ESPECIFICADOS QUANDO
NECESSÁRIO, COMO NO CASO
DE IMAGENS.

ASSIM COMO A REPRODUÇÃO
DO NOSSO CONTEÚDO
AUTORAL POR OUTROS
SITES DEVE SER FEITA COM
A INDICAÇÃO DO NOME
DO AUTOR INICIAL.

CASO ALGUM DESSES
CONTEÚDOS SEJA DE SUA
AUTORIA, SOLICITE,
ATRAVÉS DO NOSSO
CONTATO, A INCLUSÃO DOS
CRÉDITOS OU RETIRADA
IMEDIATA DO MESMO.

OBRIGADO POR NOS VISITAR
E VOLTE SEMPRE!

Twitter da Central

YOUTUBE