Entrevista: LILIAN e o seu “Motivo” de muita alegria

central-da-mpb-lilian-cd-disco-album-ep-motivo-alice-venturi-1

Fotos: Alice Venturi

A cantora LILIAN tem muito o que comemorar. Ela acaba de lançar o seu EP de estreia “Motivo”, disco que apresenta seu trabalho totalmente autoral, com produção refinada e muita qualidade. Resultado de uma campanha em site de financiamento coletivo, o álbum foi gravado logo após o sucesso do projeto que a artista apresentou na plataforma online e que contou com contribuições de várias pessoas para a sua produção. A cantora catarinense agora colhe os frutos da sua conquista e vê a sua carreira mais projetada para atingir maiores públicos.

Financiamento

O financiamento coletivo, também conhecido como Crowdfunding, é uma ferramenta online que se popularizou nos últimos anos e vem sendo uma grande aliada dos artistas do mundo todo. O sistema funciona da seguinte forma: o artista cria uma campanha na plataforma do site de financiamento explicando sobre o projeto que pretende lançar e o custo necessário para viabilizá-lo. As campanhas funcionam como uma espécie de pré-venda. O artista vende o seu produto e aqueles que contribuem para a sua viabilização, recebem o material final em primeira mão, junto de outras recompensas que são criadas pelo detentor da campanha e que variam de acordo com o valor da contribuição destinada ao projeto.

O conhecimento da cantora sobre a plataforma veio através de suas pesquisas sobre as mudanças no mercado da música e após conhecer sobre o financiamento, passou a planejar sua campanha há cerca de um ano. Uma das campanhas que a inspirou foi a do cantor Leoni, que no ano passado gravou o seu disco “Notícias de Mim” com o auxílio do sistema de financiamento. Na campanha de LILIAN tinha de tudo. Todas as opções de contribuições incluíam como recompensas as cópias física e digital do disco, além de camisetas, encontros com a artista, passando por aulas de samba e até mesmo um bolo feito pela cantora, entre outros. E como a descrição do projeto dizia: era tudo ou nada.

Se a meta total não fosse atingida, a campanha não era concluída e todo o valor arrecado era devolvido aos respectivos contribuintes. Lilian não teve essa má sorte e conseguiu até mais do que pretendia e tudo graças a muito esforço e, principalmente, o apoio de pessoas de grande valor para ela: os fãs. A conexão, carinho e respeito com os seus seguidores foi essencial para o êxito da campanha.

Expectativa e emoções com a campanha

Uma campanha de financiamento coletivo pode trazer resultados espetaculares para um artista, mas junto do seu possível sucesso mora uma possibilidade de fracasso, resultado que pode ser um “tiro” na confiança e autoestima de vários que participam. Na cabeça de LILIAN não havia espaço para fracassar. Ela passou por dias em que se sentia tensa ao perceber que o valor das contribuições não aumentava, mas não deixou em nenhum momento de ter esperança e apoio dos seus fãs.

“Minha expectativa e confiança sempre foram os fãs. Eu tenho um grupo fiel que me acompanha, torce, vibra e trabalha junto. Durante os 45 dias da campanha, eu tive o apoio incessante de várias pessoas queridas que divulgaram aos quatro ventos a campanha #EuApoioaLILIAN”.

 

Relação com os fãs e a internet

Na última década, a internet passou a ser uma das armas mais potentes para a divulgação de um artista independente e muitos deles chegaram ao estrelato através dela, assim mostrando seus trabalhos e atingindo resultados até maiores do que poderiam conseguir com um contrato de gravadora. Para a cantora, a internet é fundamental para a divulgação do seu trabalho. É através dela que fica cada vez mais próxima dos seus fãs, além da ferramenta ter sido a responsável pela sua maior conquista do momento. Lilian acha muito importante esse contato com as pessoas que admiram o seu trabalho e faz questão de dar atenção a todos.

“Os meus fãs são realmente especiais e as minhas redes sociais eu faço questão de cuidar de tudo pessoalmente e interagir diretamente com cada um que me escreve, já fiz até curso pra aprender a utilizar melhor essas ferramentas. Sou da seguinte opinião: se alguém gastou seu precioso tempo para me escrever, o mínimo que posso fazer é retribuir respondendo. Talvez um dia eu não dê conta de responder todo mundo, mas sei que não vou perder o contato direto.”

A cantora encontrou uma pesquisa curiosa que indica que cerca de 70% do valor arrecadado nas campanhas de financiamentos coletivos vêm de contribuições de familiares e pessoas próximas. No seu caso, ela teve a sorte de ter 80% (da meta de 15 mil reais) originado apenas de contribuições dos fãs. Muitos deles só a conhecem virtualmente, através das músicas e vídeos, e o grupo é formado por pessoas de vários estados do Brasil e até do exterior.

Motivo

O Ep “Motivo” possui cinco músicas, dentre elas, a faixa-título e o seu nome surgiu de um poema de Cecília Meireles que não saía da cabeça da artista. Ela define o trabalho como poético. São canções confessionais, afetivas, de um momento decisivo na sua vida, compostas entre 2012 e 2013. Desde então, ela as apresenta em seus shows.

“As músicas foram amadurecendo e agora eu falo de boca cheia que esse disco me representa! Eu me vejo todinha ali. Era exatamente o que eu queria, nunca me senti tão realizada com um trabalho, foi mágico mesmo. Tive o produtor dos meus sonhos e eu devo muito a ele. Era como se ele traduzisse até o que eu não conseguia explicar. Tenho muito orgulho desse disco. Ouça e espalhem! Tá lindo!”

O disco representa a libertação da compositora que Lilian julga sempre ter existido em si e só estava adormecida, além de ser a grande virada de sua carreira. Com o álbum, ela espera que as pessoas sintam a mesma alegria que sentiu ao gravá-lo e que transbordem de emoção, pois a intenção de cada interpretação daquele momento, em carga alta de felicidade, é exatamente o que se ouve em cada uma das músicas.

central-da-mpb-lilian-cd-disco-album-ep-motivo-alice-venturi-4

Composições, a gravação e a participação de Milton Guedes

 As canções de LILIAN são todas autorais e são um retrato do que ela vive. Natural de Lauro Muller, em Santa Catarina, a cantora é formada em Letras e foi morar no Rio de Janeiro, em 2011, disposta a gravar o seu disco, mas não achava compositores com os mesmos ideais e que falassem a sua língua. Ela sempre gostou de escrever, mas no momento se via travada para produzir qualquer coisa no papel.

Foi aí que a situação mudou, em espécie de intervenção divina, e do nada surgiu a melodia de “Motivo” em sua cabeça, a sua primeira composição. O título veio do poema homônimo de Cecília Meireles que tem como verso: “eu canto porque o instante existe e minha vida está completa, não sou alegre nem sou triste, sou poeta”. A canção traduz os motivos da artista para cantar.

As cinco canções do EP foram as primeiras composições de sua carreira e, logo de cara, a cantora mostra uma habilidade com letras maduras e cheias de sensibilidade. Por ser uma compositora de primeira viagem, as suas músicas surgem de acordo com o tempo e o processo vem de forma muito natural e espontâneo.

“Não busco inspiração, talvez por falta de habilidade ou talvez escolha inconsciente, minhas composições são todas em primeira pessoa, só sei ser assim, pelo menos por enquanto. Falo do que vivo, sou, sinto”.

Gravado no Rio de Janeiro, no dias 13 e 14 de setembro de 2015, o álbum foi registrado ao vivo, com a banda e cantora juntos, e conta com a participação de Milton Guedes na canção “Viajante”. Muito fã do músico carioca, a cantora não conseguiu esconder a sua alegria quando o produtor do disco, Andre Vasconcellos, disse que Milton deveria participar. O artista foi o único que não gravou junto da banda e a cantora. Ele registrou a sua participação, sozinho em estúdio, um dia depois das duas sessões de gravação. Lilian optou por não estar presente no momento em que Milton fez o seu registro já que sabia que não ia se conter na emoção e, principalmente, na tietagem. Preferiu apenas ouvir o resultou final, o que a levou às lágrimas de pura emoção.

“A música ficou maravilhosa. A gaita do Milton conversa com minha voz, formamos uma bela dupla! Ainda não nos conhecemos pessoalmente. Mas o Milton fez um vídeo todo querido agradecendo o convite e elogiando a música, um fofo. Já conversamos e combinamos de nos encontrar para eu entregar o disco em mãos! É a vida dando voltas e a gente realizando sonhos!”.

Faixa a faixa

Além de falar sobre as suas composições, Lilian contou sobre como cada uma de suas letras surgiram:

Égide: a expressão significa proteção, cuidado e pode também ser o nome de uma pessoa. Quando fiz, eu realmente acreditava que era uma mensagem para uma amiga, mas depois de fazer uma oficina com a Monique Aragão e ler seu livro: “Música, Mente, Corpo e Alma” (livro fantástico que eu indico muito para cantores, músicos, artistas e curiosos), eu entendi que a gente nunca fala para o outro, mesmo quando pensa que está falando. A música é um xodozinho e tem um coro da palavra “diraiê”, brinco que a expressão vem do dialeto “lilianês” e significa coisas boas, bonitas e libertadoras.

Motivo: Dá nome ao disco, tem ligação com o poema homônimo da Cecília Meireles e eu preciso me concentrar para não desabar no choro quando canto. Compus, como a maioria das minhas músicas, em partes. Trabalhava um pouco, largava. Depois a música voltava na minha cabeça e eu continuava. O trecho final nasceu dentro do metrô vindo do centro do Rio para Copacabana e eu tava feliz que tinha acabado a música e tentava ser discreta para cantar e gravar com o celular, sem dar muito a pinta de maluca! (risos)

Branquela: um samba bem humorado e totalmente autobiográfico. Afinal, a pessoa tem que ser muito cara de pau para nascer no “Rio da Vaca” e querer compor samba no Rio de Janeiro. No show é uma festa, refrão fácil, chiclete e todo mundo canta junto. Ah, eu quero mesmo sair numa escola de samba, mas só se for de passista sambando no chão. Aceito convites! (risos)

Obs: o Rio da Vaca existe! É o nome do vilarejo da zona rural onde eu fui criada, fica no município de Lauro Müller, sul de Santa Catarina.

De Amor: Bossa nova, fofa e delicada. Romântica e sofrida, eu também sou dessas! E tem gente que “não cabe em um refrão”, aposto que você conhece alguém assim!

Viajante: Foi a única canção que compus de cabo a rabo, letra e melodia em uma meia hora. Não toco nenhum instrumento descentemente, nem sei tocar minhas músicas. Componho gravando, escrevendo. Minha inspiração era a música “Sea” do Jorge Drexler, artista que eu sou muito fã. É uma autoajuda. O André traduziu minhas ideias para esta canção e a gaita do Milton Guedes abalou minhas estruturas. É ouvir e arrepiar, ouvir e arrepiar.

LILIAN é mais uma prova viva de que cantores independentes podem conquistar coisas realmente significativas em suas carreiras e não dependem totalmente de uma mercado fonográfico cada vez mais desatento ao que os artistas de fato necessitam e podem produzir de relevante. E para aqueles que pensam em se aventurar no mundo do financiamento coletivo, um conselho da cantora:

“Planejem a campanha, estudem as plataformas disponíveis, conversem com quem já fez, sempre tem uma boa dica. Leiam sobre, elaborem recompensas criativas e, por favor, cumpram os prazos para entrega das recompensas. Crowdfunding é coisa séria e uma forma espetacular de o artista independente tirar as ideias do papel! Depois que eu já havia acabado minha campanha, ouvi várias histórias de gente que colaborou com campanhas e nunca recebeu a recompensa prometida. Aí eu me lembrei que também já participei de uma campanha para financiar um livro e nunca recebi o bendito. Acho um desrespeito. Afinal, financiamento coletivo é ganha-ganha, mesmo nas menores cotas você tem um compromisso, nem que seja simbólico. Não cumprir acaba prejudicando toda uma rede de pessoas que trabalha comprometida.”

Para baixar e ouvir gratuitamente o EP “Motivo”, acesse o site oficial da cantora.

www.lilianoficial.com
www.facebook.com/LilianOficial
www.youtube.com/lilianoficial
www.twitter.com/_LilianOficial
instagram.com/lilianoficial
soundcloud.com/lilianoficial

 

Tagged with:

Sobre o autor

Ricardo

Respira música e faz dela a melhor opção de terapia diária. Relações Públicas e amante da MPB.

Veja Também

CONTEÚDO

ESSE SITE PUBLICA MUITOS
CONTEÚDOS QUE JÁ FORAM
REPRODUZIDOS NA INTERNET
E OS DEVIDOS CRÉDITOS SÃO
ESPECIFICADOS QUANDO
NECESSÁRIO, COMO NO CASO
DE IMAGENS.

ASSIM COMO A REPRODUÇÃO
DO NOSSO CONTEÚDO
AUTORAL POR OUTROS
SITES DEVE SER FEITA COM
A INDICAÇÃO DO NOME
DO AUTOR INICIAL.

CASO ALGUM DESSES
CONTEÚDOS SEJA DE SUA
AUTORIA, SOLICITE,
ATRAVÉS DO NOSSO
CONTATO, A INCLUSÃO DOS
CRÉDITOS OU RETIRADA
IMEDIATA DO MESMO.

OBRIGADO POR NOS VISITAR
E VOLTE SEMPRE!

Twitter da Central

YOUTUBE